Buscar
  • Marília Velano

Evelizia Santos Silva (Tia Vevé)

Tia Vevé era a matriarca da comunidade. Mãe de tod@s, avó, a força da ancestralidade presente no dia-a-dia de tod@s que passavam pela rua. Ela estava sempre ali. Sentada na varanda de sua casa, junto de suas plantas, de seu jardim. Ela era assim, como mais uma flor nesse seu lindo jardim. Vizinha de porta, ninguém podia passar por ali sem falar com ela. “Bom dia / boa tarde, tia Vevé, como vai a senhora?”. “Eu vou bem, minha filha, não posso sair daqui, mas graças a Deus estou bem”. E ela sempre perguntava e queria saber da gente e dos nossos queridos parentes. O inchaço do seu pé não a permitia mais descer e subir as escadas para chegar na rua. Mas ali ela permanecia, firme, forte, com um sorriso no rosto, muito lúcida, cheia de sabedorias e histórias para contar. Uma vez me contou de quando ela chegou aqui. Ainda não tinha nenhuma casa. Era mato, terra. E eu ficava só imaginando quanta coisa ela já deve ter visto nessa vida, tendo nascido ainda em 1928! Ela contava que adorava o carnaval, as festas de largo, lavagens… Todo dia de Santo Antônio não podia faltar a reza na sua casa, e ela sempre convidava. Super atenciosa sempre. Cuidava de tod@s, cuidava da rua, dava notícia de tudo. Uma grande guerreira. Ah! Como vamos sentir sua falta, tia Vevé! Que a senhora faça sua passagem com muita paz, amor e luz, tanto quanto a senhora sempre transmitiu pra tod@s nós!

Nasceu em 14/04/1928, morreu em 09/08/2020


405 visualizações

©2020 Santinho.